Bom dia povo de Deus. O tema de hoje é: “A Importância do Sétimo Dia.”
Quando se fala sobre a criação, mesmo alguns cristãos, ou pseudo-cristãos, negligenciam a importância do sábado, o sétimo dia da semana e também da criação.
Basta analisar como os hebreus entendiam o dia de sábado. Não vou entrar aqui nos assuntos dos sábados cerimoniais, mas sim no assunto do sábado semanal.
“Porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o SENHOR o dia do sábado, e o santificou.” Êxodo 20:11.
O sábado nos dias dos hebreus, assim como nos dias de hoje, sempre foi, e é um dia como os demais dias da semana no que tange à sua duração.
Se a Bíblia fala do sétimo dia, como sendo um período de 24 horas, como podem os demais dias da semana representarem longos períodos de tempo. Devemos aprender a não complicar as coisas. Outra coisa importante a notar é que os dias sempre foram e são assim mesmo.
A linguagem da Bíblia é a mais simples possível. Deus deseja passar uma mensagem para nós. E Ele o faz da maneira que possamos entender. Se tivesse alguma coisa de milhões o bilhões de anos, a Bíblia teria a informação.
O Sábado não apenas é uma chave importante para decifrar a duração dos dias da criação, mas também será a pedra de toque da lealdade a Deus no final da história.
“O Sábado será a pedra de toque da lealdade; pois é o ponto da verdade especialmente controvertido. Quando sobrevier aos homens a prova final, traçar-se-á a linha divisória entre os que servem a Deus e os que não o servem”. O Grande Conflito, p. 605.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário