Hoje é o quinta dia da nossa jornada. Os Adventistas do Sétimo Dia são o povo da Bíblia. São por Ela guiados desse o seu começo.
No final do Século 18 e início do Século 19, as pessoas começaram a fazer certos questionamentos sobre si mesmas, o mundo, o Universo, o sentido da vida e sua finalidade.
Em algumas igrejas cristãs surgiu o desejo de saber mais sobre Deus e de Sua relação com a história humana.
Dentro desse contexto de busca por conhecimento de Deus e mesmo da volta de Cristo surgiu em 1831 Guilherme Miller e mais tarde, em 1861, a Igreja Adventista do Sétimo Dia.
Guilherme Miller, baseado em Daniel 8:14 e Daniel 9, começou a ensinar que Jesus regressaria à Terra em 1843 e depois, com a ajuda de Josué Himes, Josias Litch e Samuel Snow, finalmente convencionou-se que a data de Segunda Vinda de Cristo se daria em 22 de outubro de 1844.
O dia 23 de outubro daquele ano trouxe a amarga verdade: Jesus Cristo não voltou.
Foi o cumprimento de Apocalipse 10:10, que diz: “Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na minha boca, era doce como o mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo”.
Como consequência dessa desorientação, um grupo de fiéis formado por pessoas como José Bates, Hiran Edson, Thiago White, João Andrews, João Loughborough e Urias Smith, estudaram melhor a Bíblia para encontrar uma solução.
Foi Hiran Edson quem descobriu que a pregação de Miller era correta, mas a relação santuário = terra estava errada.
O santuário a ser purificado conforme Daniel 8:14, era o santuário do céu.
Em 1852 já existiam mais de 2 mil membros, mas esse grupo de crentes só foi identificado como Adventistas do sétimo dia em 1860.
Em 3 de maio de 1861 registrou a Associação Publicadora dos Adventistas do Sétimo dia e em outubro do mesmo ano de 1861 registrou-se a Associação dos Adventistas do Sétimo Dia do Michigan, e finalmente em 1863 foi fundada a Conferência Geral dos Adventistas do Sétimo Dia que contava com mais de 3500 membros, 30 pastores e 152 congregações.
Acima de toda marcha e contra-marcha dos acontecimentos Deus está executando a Sua soberana vontade. Deus seja louvado!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário