A unidade era uma das preocupações do Senhor Jesus, tanto que em Sua oração sacerdotal, registrada em João 17, várias vezes Ele pediu ao Pai pela Unidade da Igreja.
Veja uma das menções: “E como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles em Nós, para que o mundo creia que Tu Me enviaste”. João 17:21.
Ao Jesus orar por unidade, Ele tinha em mente a Unidade no Espírito e a Unidade de Fé. O Espírito Santo é a força impelente por trás da Unidade da Igreja. Sobre a unidade da fé, a diversidade de dons não implica em diversidade de crenças, uma vez que a base de nossa fé é a Palavra de Deus.
A unidade é essencial à igreja. Sem ela, a igreja fracassará no desempenho de sua sagrada missão.
A unidade traz alguns benefícios para o crescimento e fortalecimento da igreja. Veja os três mais importantes: 1) A unidade torna eficazes os esforços do igreja. A igreja só poderá ser habilitada a exercer sua influência sobre o mundo se tiver unidade. 2) A unidade revela a realidade do Reino de Deus. Assim como os anjos trabalham harmoniosamente e em ordem, quanto mais imitarmos a harmonia e ordem dos anjos, tanto mais seremos aptos para manifestarmos o reino de Deus ao mundo. 3) A unidade demonstra a força da igreja. Uma igreja é verdadeiramente próspera e forte quando seus membros estão unidos a Cristo e uns aos outros, trabalhando harmoniosamente em favor da salvação do mundo.
O resultado de uma igreja unida, pode ser comparado com o desempenho de uma orquestra.
Por que então em muitas igrejas existe discórdia? A resposta é simples: a causa da divisão e discórdia na família e na igreja é a separação de Cristo.
Que pela graça de Deus vivamos em união com Cristo e com os irmãos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário