A Palavra de Deus diz: “Pelos seus frutos, os conhecereis”. Mateus 7:20.
O verdadeiro cristão faz o que é correto por ser cristão e não para se tornar um cristão. O que é correto deve ser feito porque é correto. Jesus disse que a árvore boa produz bons frutos e a árvore má, maus frutos (Mateus 7:17-18).
O cristianismo se baseia não no que a pessoa faz, mas sim no que ela é. A vida eterna é o conhecimento de Deus e de Jesus Cristo (João 17:3).
A ausência de atos errados não é evidência de cristianismo.
Assim como boas ações podem esconder um falso cristianismo.
Ellen G. White escreveu: “É pela renovação do coração, que a graça de Deus atua para transformar a vida”. Parábolas de Jesus, 97.
Aparência de santidade e padrões legalísticos de pensamento e comportamento não significam religião verdadeira.
Os cristãos que mais amam, são os que mais bem representam a Deus na vida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário