Adoração Verdadeira
Isaías 6:1-8.
Mais ou menos 740 A.C.
No ano da morte de Uzias, de Judá, que começou a reinar com 16 anos e reinou por 52 anos de reinado, fez o que Deus aprova. 2 Crônicas 26:3-4.
Isaías foi ao templo e viu o Senhor. “O Senhor está em Seu santo templo”. Habacuque 2:20.
O Senhor enchia o templo. “O Senhor é grande”. 2 Crônicas 6:18. Na oração de Salomão na dedicação do templo, Salomão disse que mesmo os céus dos céus não podem conter o Senhor, de tão grande.
Serafins com 6 asas clamavam Santo, Santo, santo é o Senhor dos Exércitos. 2 rosto, 2 pés e 2 voavam. Serafins só aparecem em Isaías 6, e não mais. Seres encarregados da adoração.
O templo tremeu e se encheu de fumaça. “Na presença de Deus a terra treme”. Salmo 114:7.
Ai de mim, disse Isaías, estou perdido.
Um serafim tocou os seus lábios com uma brasa do altar. “Espíritos ministradores”. Hebreus 1:14.
Isaías foi perdoado.
A quem enviarei?
Eis-me aqui, envia-me, disse Isaías.
Quando a adoração é real, verdadeira, a consciência do adorador percebe:
1. A presença de Deus.
2. Reconhece o Pecado.
3. Aceita a Graça, e
4. Deseja se envolver no Serviço.
Como é o culto hoje?
Os que se apresentam, são os artistas.
Os que assistem, a audiência.
Deus é o ponto apenas.
Parece mais um programa de auditório que um culto de adoraçãoo.
Como deveria ser?
Nós todos somos artistas, os que se apresentam e os que assistem.
Deus é a audiência, o público.
Nós fazemos para Deus. Todos nós juntos.
O que é adoração? Poderíamos dizer que é uma honra que se presta a Deus, em virtude do que Deus é e do que significa para os que O adoram.
A palavra hebraica que mais se usa para adoração no velho testamento é “avádh”, que significa “inclinar-se, honrar”. É o caso, por exemplo, em Gênesis 18.2, quando Abraão recebeu o Senhor e 2 anjos.
A palavra grega que geralmente se utiliza no Novo Testamento é “proskynéo”, e significa “prestar honra”. É o caso, por exemplo, quando Cornélio recebeu a Pedro em sua casa, Atos 10:25. Serve tanto a Deus como aos homens.
O termo proskynéo indica também ato de adoração, como expresso em Mateus 4: 8-10, onde Satanás tenta obter adoração de Jesus. Mas Jesus recusou-se, dizendo: “Vai-te Satanás! Pois está escrito: É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar” Do grego proskynéo ou, no relato de Deuteronômio que Jesus citava, hebraico avádh (Mateus 4: 10; Deuteronômio 6:13)
Está claro que é dever de cada criatura inteligente adorar a Deus. Os anjos O adoram “O Exército dos Céus”, Neemias 9:6. Os Seus santos O adoram. No Evangelho eterno os homens são chamados a dar glória a Deus e a adorá-Lo, Apocalipse 14:7. E dentro em breve tudo que há sobre a terra O adorará Sofonias 2:11; Zacarias 14:16 e Salmo 86:9.
O serviço de adoração compreende basicamente as seguintes partes:
1. Músicas
2. Orações
3. Pregação
4. Ofertas e dízimos
Música – Salmo 150:1-6 “Todo ser que respira”.
Devemos saber a diferença entre o que Deus pede e o que nós imaginamos ser o melhor. Veja o caso das ofertas de Abel e Caim. Não é o que eu acho é o que Deus orienta.
Oração – Como? Jeremias 29:13. Não é a posição, mas o coração.
Pregação – 2 Timóteo 4:2. A Palavra. Jesus é a Palavra.
Dízimos e Ofertas – Provérbios 3:5-9. Confia no Senhor, honra ao Senhor e reconhece-O. O dízimo representa nosso reconhecimento de que Deus é o Senhor de tudo e as ofertas representam nossa gratidão pela salvação em Jesus. Antes de trazer a oferta, acerta a vida com teu irmão – Mateus 5:23-24.
Ilustração;
João 4:19-24. A mulher samaritana.
A verdadeira adoração se manifesta em espírito e verdade.
Que tal cantarmos uma música de adoração ao nosso Deus?
Cantemos então “Eu te amo ó Deus”.
Louvado seja o Senhor…

Pastor Stina
IASD do UNASP, Campus São Paulo
05/07/2014

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário