Bom dia a todos. A partir de hoje e até sexta feira vamos tratar sobre o tema: “As Duas Alianças”.
PALAVRA DO SENHOR: “Mas a Jerusalém lá de cima é livre, a qual é nossa mãe”. Gálatas 4:26.
Para quem não aceita o Antigo Testamento, a promulgação da Lei no Sinai é incompatível com o Evangelho.
Essas mesmas pessoas creem que são duas as alianças. A aliança do Antigo Testamento, como sendo a aliança baseada na lei; e a aliança do Novo Testamento que tem por base a graça.
Por mais simples que essa visão possa ser, ela está totalmente, completamente errada.
Porque a salvação nunca foi pela obediência à lei. Desde o princípio, o judaísmo bíblico sempre foi uma religião de graça.
O legalismo que Paulo estava enfrentando na Galácia era não apenas uma perversão do cristianismo como também do próprio evangelho.
A verdadeira religião conduz o crente na realização do que Deus prometeu, dependendo inteiramente da graça do próprio Deus.
Essa foi a religião de Abel que fez a vontade de Deus, na força e graça do próprio Deus. “Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim”. Hebreus 11:4.
Tenham todos um ótimo dia e feliz sábado para o povo de Deus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário