Bom dia a todos. O tema de hoje é: “Considerado Justo”.
Paulo usou a experiência de Abraão com Deus para provar que a sua maneira de pregar o evangelho, evangelho da justificação pela fé, era e é a maneira certa de pregar.
Abraão é o pai do povo judeu e também uma figura respeitada, um modelo de como deveria ser um verdadeiro judeu.
A obediência de Abraão salta aos olhos quando lemos a história sagrada. Ele deixou sua terra, sua família, aceitou a circuncisão e estava disposta a sacrificar seu filho – isso é obediência verdadeira.
Paulo usou o exemplo de Abraão para provar que ele viveu pela fé.
A Bíblia afirma que Deus justificou a Abraão por causa de sua fé. As Escrituras dizem também que não foi a obediência o fundamento da sua justificação, mas sim o resultado.
PALAVRA DO SENHOR: “Pela fé Abraão, sendo chamado obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus”. Hebreus 11:8-10.
É a justificação que conduz à obediência e não o inverso.
Justificação é a palavra que usamos para dizer que em Cristo e por Sua justiça, Deus nos torna justos.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário