A Bíblia apresenta Jesus como o Deus que se fez homem e habitou entre nós. Ele não foi um homem divinizado, mas o Deus que se tornou homem.
Ninguém é como Ele. Sua natureza é única em todo o Universo. Ele é totalmente Deus e totalmente homem. Em Cristo o humano e o divino se encontram em uma união misteriosa.
Deus Se importou tanto conosco que Se fez um de nós. O eterno entrou em nosso tempo e em nossa história.
João diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por Ele, e, sem Ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nEle e a vida era a luz dos homens. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a Sua glória, glória como a do unigênito do Pai”. João 1:1-4 e 14.
Jesus é diferente de tudo e de todos. Ele é o único que tem o poder de ressuscitar por si mesmo.
Ele mesmo disse: “Dou a minha vida para a reassumir”. João 10:17.
Embora seja este um mistério muito grande, nós podemos aceitar pela graça de Deus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário