EFEITOS COLATERAIS DO PECADO
Gênesis 2:15-17 – Se comer do fruto morre.
Romanos 6:23 – O salário do pecado é a morte.
O resultado final é a morte, mas durante toda a vida, até à morte, temos que enfrentar os efeitos colaterais do pecado.
EFEITOS:

1. Quebra no relacionamento vertical. Entre o homem e Deus. Medo – Gênesis 3:10.
2. Quebra no relacionamento horizontal. Entre os seres humanos. Mudança no Amor – Gênesis 3:12. Antes do pecado, escolheu morrer com sua esposa, depois do pecado, a acusou.
3. Mudança na natureza dos animais – Gênesis 3:14.
4. Sofrimento da Mulher – Gênesis 3:16 – Dor.
5. Mudança na natureza – Gênesis 3:17-19, Maldita é a terra.
5. Sofrimento no trabalho – Gênesis 3:19. Transpiração até à morte.
6. Mudança na moradia – Gênesis 3:22-24, expulsos do Jardim. Um querubim protegia a entrada do Jardim. Éden na Terra – Até o dilúvio. P.P. 56:3.
7. Mudança radical na próxima Geração – Gênesis 4:8, um irmão matou o outro.
8. Existem dezenas, talvez centenas de outros efeitos, mas vamos ficar com estes apenas, pois eles representam bem a totalidade.
SOLUÇÃO
Romanos 6:23 – Dom gratuito de Deus é vida eterna em Cristo Jesus.
Apocalipse 20 – Destruição final de Satanás.
Apocalipse 21:1 – Novo céu e nova terra.
Apocalipse 21:4 – Sem dor, nem sofrimento e nem morte.
Apocalipse 22:2, Árvore da vida, para saúde das nações.
Apocalipse 22:14 – Quem lava as suas vestiduras no sangue do Cordeiro terá direito à árvore da vida e entrará na cidade de Deus, pelas portas.
I João 3:8 – O filho de Deus se manifestou para destruir as obras do Diabo.
João 10:10 – Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
I João 5:11-12 – Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em Seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida.
Louvado seja Deus, pois muito em breve Jesus se manifestará e então tanto o pecado, quanto seu originador, e também os efeitos colaterais do pecado serão destruídos para sempre.
Louvado seja Deus porque a angústia não se levantará pela segunda vez – Naum 1:9.
Glória ao Senhor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário