Bom dia a todos. O tema de hoje é: “Fundamento nas Escrituras”.
Paulo como todos sabemos, era um erudito. Conhecedor não apenas das Escrituras, como também das leis e também versado em outras letras.
Em defesa do evangelho da justificação pela fé, após usar o acordo entre os Apóstolos em Jerusalém e a própria experiência dos gálatas, Paulo agora passa a usar o testemunho das Escrituras como argumento principal e final de seu evangelho.
É bom saber que ao Paulo se referir às Escrituras, ele estava fazendo alusão ao Antigo Testamento, pois o Novo não havia sido escrito ainda.
Interessante que para Paulo, o Antigo Testamento não eram palavras mortas, mas a viva e autorizada Palavra de Deus. Por isso ele escreveu à Timóteo, seu filho na fé: “Toda a Escritura é inspirada por Deus”. 2 Timóteo 3:16.
Paulo usou as Escrituras para demonstrar que Jesus é o Messias prometido (Romanos 1:2), para dar instruções sobre a vida cristã (Romanos 13:8-10), e para provar a verdade de seus ensinamentos (Gálatas 3:8-9).
Paulo cita o Antigo Testamento em todas as suas cartas, menos em Tito e Filemon.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário