Futuro cheio de Esperança
Introdução:

Jeremias: 627-580 a.C. Mais ou menos.
O Cativeiro Assírio já havia passado.
No final dos seu ministério, veio o Cativeiro Babilônico
Jeremias 29:11-14 pp (Ler)
“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro”. NVI.

Como Deus pode nos dar um futuro com esperança? Milagres.
História de Samuel Ajayi Crowther
Menino paralítico da Nigéria
Vendido como escravo por um maço de cigarro (Navio Negreiro)
Navio da Armada Inglesa interceptou o tráfico. Desembarcaram em Serra Leoa – Missionáios Anglicanos
Mais tarde na Catedral de São Paulo em Londres Samuel foi ordenado como primeiro bispo Anglicano da Nigéria
Esse homem foi uma bênção para o povo da Nigéria e de países vizinhos. Ele traduziu a Bíblia para aquele povo.
Deus continua afirmando, prometendo.
Jeremias 29:11 “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro”.
Salmo 37:4 “Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração”.
“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Jeremias 17.9.
“Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também plantou a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras de Deus desde o princípio”. Eclesiastes 3:11.
O pecado compromete nossa visão à respeito de Deus. É como uma nuvem atrapalhando nossa visão.
O que faz Deus para nos ajudar na solução do problema???
Deus nos carrega no colo, como diz o poema PEGADAS NA AREIA.
Vou terminar com uma história.

A história de Dick e Rick Hoyt. Richard Eugene Hoyt e Richard Jr.
Nos EUA, um pai e um filho fizeram a diferença a partir de suas atitudes. Dick Hoyt, pai de Rick Hoyt, empurrou seu filho dezenas de vezes por 42 quilômetros em maratonas. Além disso, outras dezenas de vezes Dick não só empurrou o seu filho Rick por muitos quilômetros em uma cadeira de rodas, mas também o rebocou em um bote enquanto nadava e pedalou muitos quilômetros com ele sentado em um banco em sua bicicleta, participando os melhores atletas do mundo no Iron Man.
Esta história maravilhosa de amor começou em Winchester, nos EUA, há mais de quarenta anos, quando Rick foi estrangulado pelo cordão umbilical durante o parto, ficando com uma lesão cerebral permanente e incapacitado de controlar os membros de seu corpo.
Quando Rick fez onze anos eles o levaram ao departamento de engenharia da Tufts University e perguntaram se havia algum jeito do garoto se comunicar. Tufts University é uma universidade privada de pesquisa em Medford/Somerville, Massachusetts “Não há jeito, seu cérebro não tem atividade alguma”, disseram a Dick.
– “Conte uma piada para ele”
, Dick desafiou.
Eles contaram e Rick riu.
Usando um computador adaptado para ele poder controlar o cursor tocando com a cabeça um botão no encosto de sua cadeira, Rick, finalmente foi capaz de se comunicar.
Suas primeiras palavras foram as do grito da torcida do time da Universidade.
Depois que um estudante ficou paralítico em um acidente e a escola em que estudava decidiu organizar uma corrida para levantar fundos para ele, Rick digitou:
– “Papai, quero participar”.
Aquilo mudou a vida de Rick. Ele digitou em seu computador:
“Papai, quando você corria eu me sentia como se não fosse mais portador de deficiências”.
Em 1983, eles correram tão rápido uma maratona, que o tempo obtido por eles permitia qualificá-los para participar da maratona de Boston no ano seguinte.
Depois, alguém sugeriu que tentassem um Triatlon.
Como poderiam?!
Dick nunca soube nadar e não andava de bicicleta desde os seis anos de idade, como rebocaria seu filho de cinqüenta quilos em um Triatlon?
Mesmo assim, Dick tentou.
Eles já participaram de duzentos e doze Triatlons, inclusive, quatro cansativos Ironmans de quinze horas de duração, no Havaí.
“Não há dúvida”, digita Dick, “meu pai, é o pai do século”.
Rick, que hoje tem seu próprio apartamento (ele recebe cuidados médicos) e trabalha em Boston, e Dick, que se aposentou do exército e mora em Holland, Massachussets, sempre acham um jeito de ficarem juntos. Eles fazem palestras em todo o país e participam de corridas, nos finais de semana.
“Eu gostaria…”, digita Rick, “…de um dia poder empurrar meu pai na cadeira, pelo menos uma vez”.
Quando você aceita a Jesus Cristo como seu Senhor e seu Salvador, Ele o pega nos braços para celebrar junto com você a vitória sobre Satanás.
Lembremo-nos de que a Bíblia nos ensina que Deus promete resolver problemas que o povo pensa não ter solução.
Filipenses 1:6. “Deus vai completar a boa obra que começou em nós até ao dia de Cristo Jesus”.
Conclusão:
Cada pessoa que foi a Jesus e se entregou a Ele, foi abençoada.
Você deseja se render a vontade de Deus para a sua vida?
Você deseja se entregar a Ele e permitir que Ele empurre você para a eternidade???

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário