Bom dia povo de Deus. O tema de hoje é: “Graça e Julgamento no Éden – parte 1.”
Logo após a queda, Deus aparece outra vez no Jardim como sempre fazia, e faz algumas perguntas. Onde estas? Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? O que isso que fizeste? (Gênesis 3:9, 11 e 13).
Após as perguntas Deus mesmo faz declarações. Veja que coisa espetacular na promessa de Deus. “Então o Senhor Deus declarou à serpente: Já que você fez isso, maldita é você entre todos os animais domésticos e entre todos os animais selvagens! Sobre o seu ventre você rastejará, e pó comerá todos os dias da sua vida. Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar.” Gênesis 3:14-15.
Na mesma sentença à serpente estava a promessa de salvação da humanidade. Ali estava a primeira promessa de um Salvador. Duas coisas importantes: 1) destruição final para Lúcifer, e 2) salvação total para o ser humano.
Depois da promessa Deus declarou juízo sobre Adão e Eva. “À mulher, Deus declarou: Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará. E ao homem declarou: Visto que você deu ouvidos à sua mulher e comeu do fruto da árvore da qual eu lhe ordenara que não comesse, maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida.” Gênesis 3:16-17.
A notícia de salvação vem primeiro, depois o juízo. Este tema (o juízo) deve ser apresentado ao mundo, mas dentro de um contexto de salvação e não de condenação. Lembrando que “Deus enviou Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele.” João 3:17.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário