Bom dia a todos. Desde hoje e até sexta feira vamos estudar sobre o tema: “Histórias de Amor.”
O amor é, talvez, o atributo de Deus lembrado com mais facilidade. Na verdade é impossível esgotar a profundidade do amor de Deus.
Parece um pouco utópico, mas nesta semana vamos descobrir que Deus é romântico também. Aliás, esse aspecto de Seu profundo amor nem sempre é considerado devidamente.
Devemos contudo colocar, que como todos os livros históricos, a Bíblia também não registra tudo. Deus somente inspirou para que fosse registrado o que realmente é importante para a nossa salvação.
A Bíblia registra os milhares de anos da história humana, desde o primeiro dia da criação até o último dia, antes da renovação de todas as coisas. É claro que temos um vislumbre da eternidade, mas não passa de um vislumbre, pois Paulo assim afirmou: “Aquilo que os olhos não viram, que os ouvidos não ouviram, e que jamais subiu ao pensamento do homem, é o que Deus está preparando para aqueles que O amam.” 1 Coríntios 2:9.
É verdade para compor a verdadeira história, Deus mandou que se escrevesse sobre reis e rainhas, guerras, planos de batalha, intriga política e muitas coisas comuns aos seres humanos. Entretanto não podemos esquecer jamais que o pano de fundo da Bíblia é uma grande história de amor e nada mais. Deus nos ama de maneira incondicional e intencional. “Há muito que o Senhor me apareceu dizendo: Com amor eterno Eu te amei; também com amável benignidade te atraí.” Jeremias 31:3.
Tenham todos um ótimo dia e feliz sábado para o povo de Deus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário