Bom dia a todos. O tema de hoje é: “Lei e Fé”.
Paulo fez uma analogia entre o testamento de uma pessoa e a aliança de Deus com Abraão.
A diferença entre o testamento e a aliança é que a aliança envolve a vontade de duas pessoas, o que seria um acordo mútuo ou contrato. Já o testamento é a declaração de uma única pessoa.
O que me chama a atenção é que Paulo fala de promessas feitas à Abraão e seu descendente. “Ora, as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente. Não diz: E aos descendentes, como se falando de muitos, porém como de um só: E ao teu descendente, que é Cristo”. Gálatas 3:16.
Para Paulo o mais importante é a natureza imutável da promessa de Deus. E ele complementa dizendo: “E se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa”. Gálatas 3:29.
Sendo que a aliança de Deus com Abraão é uma promessa, ela é imutável, porque Deus nunca quebra Suas promessas (Isaías 46:11 e Hebreus 6:18).
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário