Na Criação, Deus compartilhou Suas possessões com a humanidade e continua a ser o verdadeiro dono do mundo, de seus habitantes e de seus bens.
“Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém”. Salmo 24:1.
O verdadeiro cristão reconhece que tudo que tem e é pertence a Deus, inclusive sua própria vida.
A mordomia cristã do templo, ou do corpo. Como somos do Senhor, devemos honrar a Deus em nosso corpo, “Glorificai a Deus no vosso corpo”. 1 Coríntios 6:20.
A mordomia cristã dos talentos. Jesus ilustrou a responsabilidade individual do cristão ao contar a parábola dos talentos, em Mateus 25.
A mordomia cristã do tempo. Nosso tempo pertence a Deus. Devemos nos lembrar que cada momento da nossa vida pertence ao Senhor. A fiel observ6ancia da mordomia do tempo inclui também a observância fiel do sétimo dia, o sábado do Senhor.
A mordomia cristã dos tesouros. Os adventistas adotaram o modelo levítico como método adequado e bíblico, e como forma de financiar a pregação do Evangelho em todo o mundo.
Jesus assentou um princípio para a verdadeira mordomia. Que nossos dons sejam entregues a Deus em proporção à luz e aos privilégios que desfrutamos (Lucas 12:48).
Foi para o nosso benefício e não o Seu, que Deus nos colocou na posição de mordomos. Toda fidelidade a Deus será recompensada (Lucas 18:29-30).

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário