Bom dia a todos. O tema de hoje é: “Naquele tempo e agora”.
O relacionamento de Paulo com os gálatas no início, fora um relacionamento muito caloroso, mas com o passar do tempo esse mesmo relacionamento se tornou difícil e frio.
Aparentemente Paulo foi para a Galácia, pela primeira vez, por causa de uma enfermidade.
“E vós sabeis que vos preguei o evangelho a primeira vez por causa de uma enfermidade. E, posto que a minha enfermidade na carne vos foi uma tentação, contudo não me revelastes desprezo nem desgosto; antes, me recebestes como anjo de Deus, como o próprio Cristo Jesus”. Gálatas 4:13-14.
Naqueles dias, uma enfermidade era símbolo do desagrado de Deus e mesmo assim os gálatas não rejeitaram a Paulo e nem mesmo sua mensagem. Pelo contrário, Eles o receberam com muita alegria. Certamente porque o coração deles havia sido aquecido pela pregação da cruz e pela convicção do Espírito Santo.
Contudo, Paulo se sentiu tão rejeitado que chegou mesmo ao ponto de perguntar: “Acaso tornei-me, porventura, vosso inimigo, por vos dizer a verdade?”. Gálatas 4:16.
Nós não podemos afirmar com certeza que a enfermidade mencionada por Paulo seria um problema em sua visão, mas provavelmente o foi. Todavia, qualquer que tenha sido a enfermidade, certamente era uma enfermidade grave.
A pergunta é: como poderia Paulo ministrar aos outros enquanto ele próprio enfrentava dificuldades?
Muitas vezes Deus tem usado adversidades da vida como doença, pobreza, perseguição e mesmo certas tragédias inexplicáveis como ocasiões para mostrar Sua misericórdia e graça e mesmo como meio para promover o evangelho.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário