Estamos já no décimo quinto dia da nossa jornada espiritual.
Nós vivemos num grande conflito queiramos ou não. E mais, existe um inimigo que nos segue diuturnamente.
Em Apocalipse 12:7-9, encontramos a triste descrição de como tudo começou. O texto bíblico diz que houve peleja no céu.
Embora o surgimento do pecado seja inexplicável e injustificável, suas raízes podem ser encontradas no orgulho de Lúcifer. Isaías 14:13-14 e Ezequiel 28:17 nos ensinam sobre isso.
Depois que Satanás foi expulso do Céu, resolveu estabelecer o seu reino sobre a terra.
Cristo, que derrotou a Satanás no Céu, declarou: “Eu vi a Satanás caindo do Céu como um relâmpago” (Lucas 10:18).
No Jardim do Éden, o primeiro casal foi derrotado e manchou a beleza da Criação.
Com a queda de Adão e Eva, o novo planeta estaria para sempre arruinado pelo pecado e o ser humano se degradaria e se perverteria de tal forma que se tornaria igual ao próprio Satanás. Estaria para sempre perdido.
Só havia uma saída para Deus ser justo e amoroso ao mesmo tempo. Cumprir o plano da redenção, por meio de Seu Filho, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
Por esta razão, Deus fez a primeira promessa de um Salvador ainda no Jardim do Éden, “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. Gênesis 3:15.
Esta foi a maneira que Deus encontrou para declarar a Adão e Eva o plano da redenção.
Na plenitude do tempo, Deus enviou Seu Filho (Gálatas 4:4). Jesus venceu a Satanás, no Deserto, no Getsêmani, no Calvário, na Tumba e também o venceu em nosso coração.
Satanás só descobriu mesmo que estava derrotado, no Calvário. Entretanto, Satanás não desiste nunca. Ele ataca cada dia, todos aqueles que aceitam a Jesus como seu Salvador pessoal e pela fé acariciam o desejo de viver com Jesus para sempre. Por isso Paulo diz que “Nossa luta não é contra a carne e o sangue, e sim contra os principados e potestades…”. Efésios 6:12.
Todos nós podemos ser vencedores através do sangue do Cordeiro e também pelo testemunho de nosso relacionamento com o Senhor Jesus (Apocalipse 12:11).
Muito em breve Jesus voltará e então logo o Grande Conflito terminará.
Logo se cumprirá o que está escrito no livro O Grande Conflito, página 684, “O grande conflito terminou, pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado… desde o minúsculo átomo até o maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário