A palavra milênio não aparece no texto bíblico, mas aparece a expressão “mil anos”, que pode ser traduzida por milênio.
O milênio começa com a Volta de Jesus para resgatar Seus escolhidos.
Muitas coisas ocorrerão no início do milênio, mas o mais importante é que os justos estarão reinando com Cristo durante esse período enquanto todos os ímpios estarão mortos (Apocalipse 20).
Outro fato importante é que durante o milênio Satanás ficará preso como é descrito em Apocalipse 20:1-2, “Um anjo desce do Céu e segura o dragão, a antiga serpente, que se chama Diabo, Satanás e o prende por um período de mil anos”.
É claro que essa prisão é circunstancial, pois como a principal função de Satanás é tentar, e não haverá ninguém para ser tentado, essa é sua prisão. Mil anos para pensar em todo o mal que proporcionou a homens e anjos.
Durante o milênio ocorre uma outra fase do juízo no céu. Nessa fase os salvos participam (Daniel 7:10 e 1 Coríntios 6:2-3). Essa fase é conhecida como determinativa. A que ocorre antes do milênio, chama-se juízo investigativo.
Ao final do milênio, outras coisas acontecem. Os ímpios mortos ressuscitam, assim Satanás é solto de sua prisão.
A cidade de Deus, a Nova Jerusalém desce do céu e dentro dela todos os salvos de todos os tempos.
Satanás tenta mais uma vez. A lembrança de suas fracassadas tentativas contra a raça humana não irão inibir Satanás de seguir praticando seus atos criminosos. Ele vai conduzir os ímpios numa tentativa de tomar a cidade amada, o acampamento dos santos (Apocalipse 20:9).
Descerá fogo dos céus e consumirá todos os ímpios. O último a ser destruído será Satanás. O combustível desse fogo eterno é o pecado. Quando acabar o pecado acaba o fogo.
Nunca mais haverá maldade. “A angústia não se levantará pela segunda vez”. Naum 1:9.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário