Bom dia a todos. O tema de hoje é: “O Sábado em Deuteronômio.”
Tanto no Êxodo como em Deuteronômio, onde Deus repete Sua lei, os Dez Mandamentos aparecem em linguagem muito semelhante, só que com uma motivação diferente.
Em ambos os casos, o mandamento do sábado ordena a observância do sétimo dia, mas em Deuteronômio aparece uma nova ênfase.
“Para que o teu servo e a tua serva descansem como tu.” Deuteronômio 5:14.
O sábado não apenas coloca o patrão e o servo no mesmo nível, como também ordenam que ambos descansem no mesmo dia.
Quando o sábado foi estabelecido pela primeira vez, devia ser um memorial da criação em um mundo sem pecado. Não tinha nada a ver com servos ou com escravidão.
Esse novo elemento foi acrescentado ao mandamento após a queda. Assim, no princípio, o sábado era um símbolo da criação e após o pecado passou a ser símbolo também da redenção, que é uma espécie de recriação.
Tenham todos um ótimo dia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário